Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$33,013.00
-3.26%
Ethereum (ETH)
$1,931.02
-3.53%
Bitcoin Cash (BCH)
$485.06
1.85%
Litecoin (LTC)
$131.00
0.71%
Bitcoin, Criptomoedas, Destaque

Países imprimiram mais de US$ 12 trilhões em 2020

ONU alerta que dívida mundial atingiu o recorde de US$ 9,9 trilhões em 2020.

As impressoras de dinheiro nunca trabalharam tanto! Segundo relatório da ONU (Organização das Nações Unidas), foram impressos em torno de US$ 12,7 trilhões somente no ano passado. Estes valores foram injetados na economia para diminuir o impacto da crise global provocada pela pandemia de Covid-19.

O relatório da ONU apresenta que “os governos de todo o mundo responderam rapidamente e com coragem para evitar o contágio econômico da crise e os pacotes de estímulo fiscal e monetário foram lançados rapidamente para salvar a economia.”

Entretanto, apesar da injeção de dinheiro na economia e a manutenção das taxas de juros, os bancos centrais não alcançaram êxito em cumprir as metas da inflação. A liquidez permitiu que os mercados financeiros assumissem riscos, gerando uma instabilidade financeira.

A grande impressão de dinheiro foi utilizada na compra de ativos financeiros e não em investimentos que pudessem contribuir com a geração de empregos e o efetivo crescimento da economia. A ONU ainda alerta que este “é o maior aumento da dívida pública desde a Segunda Guerra Mundial”.

O relatório da organização ainda conclui que a pobreza e a desigualdade pioraram nesta crise. A previsão é que, até 2030, serão 131 milhões de almas vivendo na pobreza e 797 milhões abaixo dessa linha.

Daniel Kim, especialista em criptomoedas, alertou em seu documentário “Modo Seguro de Dinheiro Saudável” sobre as consequências econômicas que a crise gerada pelo Covid-19 vai instaurar no planeta nesta década.

Ele entende que falta bom senso aos governos que estão imprimindo cédulas apenas com a justificativa do enfrentamento da pandemia. Essas medidas, aliadas ao gasto público desenfreado, formam o pavio perfeito para uma explosão chamada hiperinflação.

Kim considera que a hiperinflação já chegou e o dólar está cada vez mais desvalorizado. Para ele, as pessoas necessitam de novas fontes independentes do governo e do sistema bancário. As criptomoedas como o Bitcoin, que atua também como reserva de valor, são as melhores opções.

coinmag

Nós somos um portal de notícias especializado em trazer o que há de mais novo e relevante quando o assunto é cripto moedas. Nossos escritores são traders veteranos, empresários do setor e especialistas de TI que convivem com o mercado de crypto moedas em uma base diária. We are a news portal specialized in bringing to you the newest and most relevant about crypto currencies. Our writers are veteran traders, sector entrepreneurs and IT specialists that live with crypto currencies in a daily basis.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish